Ela sabia que era o desejo - embora não soubesse que sabia.Era assim: ficava faminta mas não de comida, era um gosto meio doloroso que subia do baixo-ventre e arrepiava o bico dos seios e os braços vazios sem abraço.Tornava-se toda dramática e viver doía.Ficava então meio nervosa e Glória lhe dava agua com açúcar.
-Clarice Lispector, A hora da estrela 

Taís Amaral

6 seasons and a movie, random is my firts name. Futura publicitária que ama Design e tudo o que envolve arte. Se envolve demais com os personagens de séries e tem uns sonhos pós-apocaliptos muito loucos que, um dia, podem virar conto.

Instagram