04/642: Morning!

novembro 06, 2014
216.Conte para um estranho sobre o seu dia-a-dia.


Como sempre, custei a acordar e com toda a calma do universo escutei um : Tais, hoje não tem curso não?.  Levantei e logo vi minhas duas gatas, Boca preta e Filó, deitadas do lado da cama. Pulei elas e fui direto lavar a cara. Sono define essa hora. 
Depois de ter me arrumado, peguei a mochila e minha chave e junto com meu pai fomos a pé para nosso destisno. Logo no segundo quarterão vi a melhor coisa que se pode ver! Meu pai ajudando uma senhorinha a por o lixo pra fora, sem preocupação com tempo ou com o trabalho. Uma inspiração!
Cheguei no curso e foi o dia da minha turma limpar a cozinha. O outro grupo tinha feito macarronada, e ficou horrível. Puro óleo. 
Onze horas fui pra casa com o meu amô, mas antes passamos na farmácia por causa da dor que estou no ouvido. 
E depois dessa manhã totalmente normal e sonolenta, peguei a bike e fui para o trabalho pegando um sol quentinho na pele. Estou morena praia por causa disso.
O dia no trabalho foi tranquilo, nada de novo, nada de chato. Internet all day, dude.
Chegando em casa, fui direto comer algo. Fome me define.
Depois disso, a preguiça matando pra ir à faculdade. Final de ano é cansativo, e como é.
Aulas chatas e sem adicional à meu intelecto, so boring. Mas depois de tudo isso, vou ver meu Amorzão (: ai eu fico feliz. Aí eu posso dormir em paz.
And that's all folks, my everyday in a text.
Tecnologia do Blogger.