Dicas e devaneios de uma desempregada

novembro 16, 2015

 bed and coffee

Como vocês estão cansados de ouvir nos jornais e na maioria das lamentações, o desemprego está em alta nessa crise que afetou todo o mundo. E é claro que não deixou de me afetar também. Mas primeiro não vamos surtar, somos brasileiros sempre damos um jeitinho e não desistimos, não é mesmo?

Tanto tempo em casa que eu não sei o que fazer. A faculdade já acabou e não me garantiu nenhum emprego e só me deixou uma lição: pra ser alguém basta ser, não é faculdade que te faz (não generalizem ok? tô falando de profissões em que o talento e força de vontade toma o lugar de qualquer diploma, estamos rodeados por autodidatas). É aquele velho ditado, quem quer dá um jeito.

Já faz uns 3 meses que estou em casa e não sei que rumo tomo, pra quem sempre trabalhou ficar um mês parada já é suficiente. É claro que ideias pipocam na minha cabeça e sempre procuro artigos de formas de ganhar dinheiro e a maioria não me dão opções viáveis, já que meu orçamento é 0.

Acho que a primeira coisa que pensamos é em abrir um negócio, já que são tantas histórias de sucesso que vemos diariamente. E são essas histórias que fazem nossos olhos brilharem diante de tanta crise e faz com que pensemos: "Se eles conseguem, eu também consigo". Mas o medo do negócio afundar na primeira semana é tão grande que nem começamos. No meu caso, digo.

As contas chegam, se não aumentarem também, e você se vê encurralado. Calma, cara! Pra tudo tem uma saída e espero que essas dicas ajudem você - como me ajudou em algumas partes- a tentar sair dessa maré de água fria.

Estabeleça prioridades.

Quanto te sobrou e quantas contas têm à pagar? Temos que pensar que enquanto estamos sem renda o dinheiro fica parado e não aumenta, então nada de levar a mesma vida que tinha. Faça as contas de quanto têm que pagar e o tanto que você poupou. Economize ao máximo pois não sabemos quando vamos ter uma estabilidade financeira definida. Então, nada de planos malucos, ou ideias revolucionárias que envolvem dinheiro em sua concepção. Nada de entrar em lojas e ir na sessão de promoções. Capiche?

O que você sabe fazer?

Todo mundo sabe fazer algo. Se você está precisando urgentemente de uma grana extra pra poder ficar sossegado enquanto está sem emprego fixo se pergunte: O que eu sei fazer e como posso ganhar dinheiro com isso? A procura de trabalhos feito por freelancers é alta, pois como não há tanta burocracia e grande espera, use a cabeça e enfrente o mercado. Há sites como o Workana e o 99Jobs que te ajudam a conseguir trabalhos em sua área de conhecimento. Agora, se você realmente quer um trabalho rápido e dinheiro rápido opte por fazer os famosos bicos. Dá pra vender docinho no comércio, ser atendente em casa de show/restaurante, fazer o cabelo e a unha da mulherada, ou até ser babá por alguns dias. Todo trabalho é digno, então não pense que estará se rebaixando por fazerem coisas que normalmente outras pessoas faziam pra você. Como minha amiga disse, melhor pingando do que seco.

Atualize seu currículo

Sempre deixamos pra atualizar o currículo na ultima hora (igual portfólio) daí quando precisamos de um na mão não temos. Tire um tempo para renovar as informações do seu currículo, busque maneiras de deixá-lo atrativo para o empregador.
Se você fez aquele curso bacana não se esqueça de colocá-lo, mas não caia em tentação de por tudo o que já fez. Escolha um perfil e trace-o no papel. A foto, que tantos pedem, é opcional sabia?

Descanse por um tempo

Descansar não é sinônimo de se acomodar. Tire um tempo pra você fazer coisas que deveras esperou aquelas férias nunca tiradas. Relaxar é preciso! Defina por quanto tempo você vai tirar essas feriazinhas e depois volte a batalha. Encontre com os amigos, não esqueça de estabelecer uma network nesse meio tempo, passeie, visite parentes, assista filmes, coloque aquela pilha de livros não lidos para ler. Faça coisas que te relaxe! Relaxar não é sinônimo de dormir e ficar moribundo na cama, cada um tem seu modo de relaxar. Eu por exemplo, o que me relaxa é : arrumar o guarda roupa, deixar tudo em ordem.

Mas mantenha uma rotina

Saber que no outro dia não se tem a obrigação de acordar cedo faz com que nós fiquemos um pouco relaxados. Acordar um dia ou outro tarde é normal, agora não faça disso sua rotina! Ficar até de madrugada assistindo filmes/séries ou navegando na internet, usando todo seu tempo como tempo livre não trará resultados, além de ficar com o corpo cansado e possivelmente virar um sedentário.
Ficar em casa o dia inteiro fazendo as mesmas coisas pode parecer, no começo, algo bom, libertador mas com o tempo você perceberá o quão depressivo e prejudicial isso é.
Então faça uma rotina! Saia de casa, arrume suas coisas, estude, programe-se enquanto à tempo de fazer o que tem vontade pra depois não se lamentar quando estiver trabalhando novamente.

E agora você me diz se tem mais alguma dica para adicionar e ajudar a galera!
Não vamos surtar.
Ok? O-kay.
Tecnologia do Blogger.