Clube do Livro Geek | Ubik - Phillip K Dick



Autor: Phillip K Dick
Título: Ubik - Onde Se Perdem as Fronteiras Entre A Vida e Morte
Páginas: 240
Ano: 2009
Gênero: Ficção Científica / Distopia
Editora: Doubleday

Sinopse: Em uma sociedade futurista, Glen Runciter é dono de uma empresa responsável por rastrear psis, indivíduos com habilidades especiais, como telepatas e precogs. Ele e seus funcionários caem na armadilha de uma empresa rival, e algo terrível desencadeia uma série de eventos. O tempo começa a retroceder e eles terão que lutar contra a degeneração física e mental. A solução pode estar no Ubik, mas conforme a trama se desenvolve, menos fica claro quem realmente precisa ser salvo.


***
Primeiro quero dizer: quem vê cara não vê coração. Julguei o livro pelo nome, que erro de principiante. As primeiras linhas me faziam pensar em que chatice eu teria me metido e em como seria difícil ler algo entediante, logo abandonei o livro por uns dias.

Como é tempo de second chances, resolvi dar uma a este livro, sorteado no desafio do nosso grupo amado e hoje agradeço à Hannah por ter colocado esta opção à disposição e ao destino por tê-lo escolhido.

Devido a algumas turbulências, consegui acabar esta curta obra. Adiei o sofrimento literário o quanto pude, não queria terminá-lo de fato. A história me cativou tanto que me esqueci de como havia achado o livro sem graça.

Quero dizer o quanto me arrependo de não querer lê-lo no início. O livro é surpreendente bom, é intrigante e estimula a leitura pelas simples palavras bem colocadas. Lembrou-me bastante o Guia do Mochileiro das Galáxias por ser ficção com uma pitada de diversão (sarcástica, é claro). Reacendi a chama da leitura depois de tantas decepções literárias. A sede de ler chegou, mas meu copo anda pessimista estando meio vazio. (me indiquem livros, please)

No começo você não entende nada do que está passando, mas conforme a história vai se desenrolando você começa a ligar os pontos. Achei muito interessante começar dessa forma, intrigando o leitor a especular o resto do livro.
As artes são impecáveis, especialmente a caracterização dos personagens. Cada capítulo conta com uma imagem do que vai ser tratado naquela parte do livro. A maioria dos livros que li não eram ilustrados em canto algum, e nesse eu pude ver como o autor caracterizou seus personagens e como o mundo distópico de Ubik fora pensado.

A trama é bem desenvolvida, não deixando buracos na história, mas fazendo-o pensar o porquê de muitas coisas. Não espere algo previsível desse livro. Você deve estar pensando "Wow, este livro deve ser perfeito"; meu caro não se engane. Uma obra boa em que vale a leitura não se devem medir palavras.

Pra quem adora uma distopia, esse é um prato cheio com gostinho de quero mais (porém, repeti-lo não será possível)! Pena ter tão poucas páginas e não haver uma continuação. Mas, me envolvi com o jeito do autor escrever e espero ler mais obras do mesmo.

Logo falarei de Admirável Mundo Novo, que entrou na minha lista de recomendações, uma distopia de 1932 em que seus relatos parecem serem escritos nos tempos modernos.



E aí, animou para ler Ubik?  Já leu? OU tem um livro pra me indicar? 
Fique a vontade, be my guest!

0 comentários