The numbers are cursed, dude.

Namaste and good luck.

Eu tenho sérios problemas quando uma série tem um hype muito alto, seja nas redes sociais ou na real life.
Sempre que a série tá em alta e todo mundo comentando eu simplesmente não consigo dar atenção à ela.
Aconteceu com as melhores: Game of thrones, How I Met Your Mother, Skins, The Office, Modern Family, and so on. Sempre ao ouvir falar dessas séries eu torcia o nariz, e torcia muito.
Porém logo dava o braço à torcer e via ao menos um episódio e claro, acabava vendo quase a temporada em uma semana.Tô deixando todo esse pré-conceito que tenho das coisas e ó, recomendo viu.

Agora, na boa. Primeira vez que tô sofrendo por série.  A minha vontade é de mandar um bolo de chocolate pro JJ Abrams por ter-nos contemplado com essa série maravilhosa que Lost é.Tensão a todo instante, cara.

Além da grandeza da série, você consegue se relacionar TANTO com a maioria dos personagens que tem hora que você não sabe se ama ou se odeia. A dúvida que fica sobre quem é do bem ou do mal é abissal, tá tem uns que estão na cara; estou falando dos principais.

A jogada de cena na linha temporal dos personagens me faz querer mais e mais da série. EU AMO isso de ir e voltar. E se você é ansioso pode preparar uma férias de 30 dias pra ver tudo pois TODO, sim todo, fim de episódio é aquela WTF DUDE, E AGORA? Eles fizeram a série de um jeito que não tem como ver apenas um episódio. Não tô brincando.

Isso tudo é pra eu calar a boca quando for falar de alguma série, falei tão mal de Lost que virou uma das minhas séries favoritas so far.

Ah, um dos meus personagens favoritos é o Ben. Se você já viu a série, me diz quem é o seu táaaa?

Ainda não terminamos a série e espero que você seja simpático e não me dê spoilers. 

Taís Amaral

6 seasons and a movie, random is my firts name. Futura publicitária que ama Design e tudo o que envolve arte. Se envolve demais com os personagens de séries e tem uns sonhos pós-apocaliptos muito loucos que, um dia, podem virar conto.

Instagram